Mais de 450 imóveis vistoriados

O Trato por Laguna, programa ambiental liderado pela Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) e executado pela empresa JPR Ambiental, iniciou no dia 18 de janeiro e já realizou nestes dois meses, mais de 450 vistorias nas redes de esgoto em casas, edifícios e comércios do município e emitiu em torno de 60 certificados de imóveis regulares.

O projeto prevê realizar um total de 5.400 vistorias, a fim de adequar as ligações hidrosanitárias, evitar conexões prediais de esgoto ligadas na galeria pluvial, e assim, melhorar a qualidade de vida e a saúde do município.

Durante a fiscalização, são verificados todos os pontos que geram esgoto em um imóvel, como banheiro, cozinhas e áreas de serviço.

Os técnicos também avaliam pontos de coleta das águas pluviais, como ralos, calhas (externas e embutidas) e outras caixas e tubulações de drenagem do terreno e piscinas, que não podem estar conectados à rede pública de esgotamento sanitário.

De acordo com o planejamento do programa, a verificação das ligações prediais de esgoto tem como objetivo eliminar ou reduzir os lançamentos inadequados em rios, córregos e galerias de águas pluviais. Até o momento foram identificadas 9 ligações prediais irregulares de esgoto, ligadas na galeria pluvial.

A equipe do programa está identificada com crachás, uniforme e cumprindo todos os cuidados de prevenção demandandos pela pandemia do novo coronavirus. Qualquer dúvida poder ser tirada na sede do programa, na Av. Senador Galotti, 800 Edifício Fernando de Noronha, sala 02 no Mar Grosso ou através do whatsApp 996117706.